Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

através da escrita

nunca um momento dura apenas um encontro. Um momento fica em nós eternamente como quando se caí e se vê a cicatriz presa à pele para sempre. Um momento pode ser uma vida inteira

também a propósito das tempestades e das tormentas..

28.09.21 | atravésdaescrita

fim tarde.jpg

Às vezes entre a tormenta,
quando já humedeceu,
raia uma nesga no céu,
com que a alma se alimenta.

E às vezes entre o torpor
que não é tormenta da alma,
raia uma espécie de calma
que não conhece o langor.

E, quer num quer noutro caso,
como o mal feito está feito,
restam os versos que deito,
vinho no copo do acaso.

Porque verdadeiramente
sentir é tão complicado
que só andando enganado
é que se crê que se sente.

Sofremos? Os versos pecam.
Mentimos? Os versos falham.
E tudo é chuvas que orvalham
folhas caídas que secam.

Fernando Pessoa (in:cancioneiro)

Um beijo querida Isabel

Manel Martins 21.09.2021 (comentário ao meu texto)

https://martins59.blogs.sapo.pt/

 

são livres os navios... enfrentam tempestades: as da alma, as da vida.

20.09.21 | atravésdaescrita

tempestades.jpegAs pessoas
são feitas de navios.....
navegam na alma
livremente
carregando
o sentido da vida, e o tempo.
São livres os navios,
enfrentam tempestades...
as da alma,
as da vida,
encalham muitas vezes
em pedras muito antigas
e ali ficam....
Esperam que o vento
da vontade, seja mais forte,
e os arranque
de novo para o mar
da alma.

(Yolanda Botelho)

quando as palavras são apenas sons gemidos

05.09.21 | atravésdaescrita

67732835_1067796806759430_1428631801982615552_n.jp

É na dor que me espraio e adormeço o desassossego. Escrevo palavras atordoadas, por nuvens sedentas de chuva.

Sinto o fogo e o frio das noites que se vão sobrepondo aos dias, tricotando no bulício o silêncio. Sento-me no tempo que passa, lendo as sombras das vidraças e vou ficando, ficando pousada, neste mar de sargaços.
 
Quando as palavras são apenas sons gemidos, pedras soltas da calçada, poeira depositada no tempo... ignora o que um dia soubeste, desaprende tudo o que ouviste.